Amo Dinheiro - Notícias sobre Bitcoin, Criptoativos e Blockchain

Taxas de corretagem da bolsa de valores

Ao decidir investir na bolsa de valores, é necessário que você crie uma conta em alguma corretora de sua escolha.

E para isso é necessário analisar as opções de corretoras que se tem no mercado, para desse modo escolher a melhor opção para você.

Um dos quesitos necessários para se avaliar em uma corretora são as taxas que elas apresentam.

Pois esse quesito irá definir ou não se essa é uma boa corretora para se usar e seus investimentos.

Mas muitas pessoas não sabem como verificar a taxa de corretagem.

Ou não possuem informações sobre elas.

Com o intuito de acabar com esses problemas, iremos mostrar á você pode meio desse artigo algumas informações sobre as taxas de corretagem.

Em fim, vamos ao nosso foco…

 

Taxa de corretagem

A taxa de corretagem é um valor cobrado em todas as atividades de compra e venda de ações na bolsa de valores.

O valor dessa taxa costuma variar de acordo com o tipo de mercado e tipo de operação.

Mas o valor da taxa também costuma variar de acordo com o tipo de serviço que é oferecido pela corretora.

Devido á isso, é necessário que você fique atento ás ferramentas que vai utilizar.

Pois se não fizer isso, poderá sair pagando um valor maior do que o necessário.

Algumas das muitas corretoras que temos no mercado cobram uma taxa de corretagem fixa por ordem de compra.

Já outras se baseiam na tabela Bovespa, que possuem o valor da taxa proporcional ao valor movimentado.

Quando um indivíduo investe no mercado fracionário, a taxa fixa pode sair mais cara do que a taxa que se baseia na tabela Bovespa.

Nesse caso a taxa fixa não é vantajosa.

Ela só vale a pena quando é baixa e diferente da taxa padrão que é cobrada no mercado.

Para quem busca taxas de corretagem mais baixas, também é necessário ficar atento ao valor cobrado por negociações feitas pelo Home broker.

Pois as atividades realizadas por telefone é mais barata.

 

Taxa de custódia

A taxa de custódia é um valor pago pelo investidor mensalmente.

Essa taxa é cobrada para pagar o serviço de guarda de ativos, ou seja, ações ou títulos.

Em alguns casos o investidor pode até ser livre de pagar dessa taxa.

Mas quando há cobrança, ela é feita de modo mensal.

 

Corretoras e suas taxas

Para sua melhor compreensão sobre esse mundo das taxas, separamos para você algumas corretoras e suas taxas de corretagem e custódia.

Para que desse modo você obtenha uma pequena visão sobre as cobranças de algumas empresas.

E são elas:

Corretora ativa

Taxa de corretagem: R$15 – taxa de custódia: R$9,80.

Se o investidor realizar duas operações ao mês, ele fica isento da taxa de custódia.

 

Corretora Clear

Taxa de corretagem: R$7,50 + R$2,90 por dia – a empresa não cobra taxa de custódia.

 

Corretora Concórdia:

Taxa de corretagem: R$7,50 + R$2,90 por dia – Taxa de custódia: R$8,65.

 

Corretora Easynvest

Taxa de corretagem: R$10 – a empresa não cobra taxa de custódia.

 

Corretora Geração futuro

Taxa de corretagem: R$17 – Taxa de custódia: R$11 fixo + taxa variável.

 

Corretora Guide

Taxa de corretagem: R$14 – Taxa de custódia: R$16,90.

 

Corretora Modalmais

Taxa de corretagem: R$8,99 – a empresa não cobra taxa de custódia.

 

Corretora Rico

Taxa de corretagem: R$16,20 – Taxa de custódia: R$12,50

Se o investidor realizar duas operações no mês, ele fica isento da taxa de custódia.

 

Corretora XP investimentos

Taxa de corretagem: R$18,90 – a empresa não cobra taxa de custódia.

Essas são algumas corretoras e as informações de suas taxas.

Lembre-se se informe sobre essa informação ao escolher uma corretora.

Pois se não fazer isso, você poderá gastar mais do que o necessário para investir.

5 (100%) 1 vote

Adic. comentário

Redes Sociais

Curta nossa página.