Amo Dinheiro - Notícias sobre Bitcoin, Criptoativos e Blockchain

Saiba de quanto será o reajuste no preço dos medicamentos previsto para 2018

O Índice de Preços ao Consumidor publicado pelo IBGE, para o ano de 2018, revela uma surpresa: pelo segundo ano consecutivo, o reajuste de medicamentos ficou abaixo da taxa da inflação, com uma média de 2,43%.

Publicada no mês de Março, a taxa de reajuste máxima aprovada para medicamentos foi de 2,43%, inferior a inflação do mercado, que ficou em 3,81%. Com isso, a população pode tranquilizar-se, pois as variações estarão de acordo com o aumento salarial.

Já a indústria farmacêutica não vê vantagem nesta alteração, visto que os custos laboratoriais envolvidos na produção, superam as variações impostas pelo CMED (Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos). Instala-se assim, uma ameaça e também uma preocupação aos empresários do ramo.

Destaca-se que os cálculos são baseados, além das variações da economia, na produtividade da indústria farmacêutica, custos para produção (como energia elétrica e contratação profissional), concorrência, investimento em pesquisas, e muito mais.

 

Diferentes ajustes para diferentes medicamentos

As alterações não serão iguais para todos os medicamentos. O Ministério da Saúde dividiu em três classes principais, no início do mês, conforme demanda e custo para pacientes: a de maior concorrência, os antibióticos e de maior custo.

A primeira classe, como é de se esperar, corresponde aos medicamentos que têm a taxa de reajuste máxima em 2,84%; dentre os envolvidos, estão os de tratamento da gastrite (Losec) e ansiedade (o famoso Rivotril).

Enquanto isso os antibióticos, juntamente com Viagra, analgésicos, alguns anticoncepcionais e outros remédios de média demanda, tiveram o reajuste médio de 2,47%.

Já aos pacientes que fazem uso contínuo de medicamentos com preço maior, podem tranquilizar-se com a taxa de reajuste fixada em 2,09%. Dentre eles, estão inclusos: medicamentos para câncer de próstata, antitrombóticos, tratamento de AVC, e outros.

 

Como conhecer os valores de medicamentos atualizados?

Existem variações de preços conforme o laboratório e composição do medicamento, juntamente com as diferenças existentes entre redes de farmácias – que vivenciam um cenário constante de concorrência.

Oferta Farma reúne informações e valores das mais diversas farmácias do Brasil. Assim, a população pode consultar quanto a mais deverá desembolsar pelos seus medicamentos, de acordo com as atualizações inflacionárias. Existem diferenças de até 80% entre uma farmácia e outra.

O buscador pode ser acessado através do seguinte link: https://www.ofertafarma.com.br/. E mais que isso, é possível comparar valores entre as farmácias mais próximas de você. Assim, seus medicamentos serão comprados pelos menores valores, sem que seja preciso deslocar-se para fazer pesquisas de preço.

Bulas e informações técnicas também estão disponíveis, porém, é essencial que haja prescrição médica, de modo a evitar os perigos da automedicação.

 

Por dentro das promoções de medicamentos

Uma forma de economizar é conhecendo promoções, ofertas, planos de fidelidade, e muito mais. E tudo isso é possível de ser feito pela Internet, sem sair de casa.

Para receber todas as novidades, basta cadastrar-se na Oferta Farma, informando apenas nome e email.

E além de medicamentos, você poderá ficar por dentro de novidades de perfumaria e cosméticos, sempre encontrando a opção acessível para o seu bolso, e mais perto de você.

Saiba de quanto será o reajuste no preço dos medicamentos previsto para 2018
Avalie este post

Adic. comentário

Redes Sociais

Curta nossa página.