Amo Dinheiro - Notícias sobre Bitcoin, Criptoativos e Blockchain

Criptomoedas que podem ser o novo Bitcoin

As Criptomoedas estão em grande alta no mercado de todo os países.

Sua popularidade e procura então em alto nível, e com toda certeza crescerá mais e mais.

Isso acontece devido á grande evolução tecnológica, que está fazendo de todos os produtos físicos, algo digital.

E atualmente vemos isso no dinheiro.

Mas analisando a nossa evolução, podemos perceber que der repente algo que era físico vira virtual e recebe um valor bem maior.

E seguindo essa linha de raciocínio podemos perceber que em algum momento outra moeda será maior que o Bitcoin.

Seguindo nesse fato, preparamos para você algumas moedas que correm o grande risco de superar os Bitcoins no mercado.

E quem sabe não seja positivo para você começar á investir desde já.

Bitcoins

A moeda Bitcoin foi criada em 2008, mas foi ficando popular a partir do ano de 2013.

E atualmente é a maior moeda virtual que temos no mercado.

Para você ter ideia, pesquisando agora sobre o valor dela, percebemos que está em R$23.817,66.

Realmente um valor muito alto por uma moeda.

Mas o mercado tecnológico sobe e cai a cada minuto, e pode acontecer do Bitcoin cair muito em minutos ou subir muito em minutos.

Essa moeda vem sendo uma forma de investimento de muitas pessoas do mundo.

Isso é possível devido o fato de você poder comprar pequenas porcentagens da moeda.

Ou seja, não é preciso que você compre 1 moeda completa, você tem a opção comprar pequenas porcentagens.

Como por exemplo: 0,002 Bitcoins por R$50.

É uma pequena fração, mas de fração em fração você terá uma moeda completa.

Sem falar que essa moeda cresce muito o seu valor.

 

Possíveis novos Bitcoins

Levando em consideração o fato de o mercado mudar rapidamente, estudamos algumas moedas que podem substituir a atual Bitcoin.

E são elas:

Litecoin

Valor no mercado: US$ 13,50 bilhões.

Dados de desempenho nos últimos tempos: +6.100%.

Essa é uma moeda virtual criada por um ex-funcionário do Google, e atualmente é um grande nome no universo das Criptomoedas.

Atualmente o Bitcoin é chamado de ouro digital, mas Charlie Lee desenvolveu o Litecoin, atualmente conhecido como a prata digital.

Criada em 2011, essa é uma moeda que pode substituir o Bitcoin.

 

Monero

Valor de mercado: US$ 6,20 bilhões.

Desempenho nos últimos tempos: +2.840%.

Assim como o Bitcoin, o criador do Monero não é conhecido, ou seja, ele trabalha no anonimato.

O Monero trabalha de modo anônimo e devido á isso é uma boa opção para empresas que desejam mover dinheiro sem que seus concorrentes saibam.

Ou para quem não deseja ter seus saldos de transações divulgados.

 

NEO

Valor de mercado: US$ 8,16 bilhões.

Desempenho nos últimos tempos: +99.477%.

O NEO foi criado por indivíduos chineses, no ano de 2014.

Eles apostam no crescimento da moeda assim como todos os outros, e visam substituir o Bitcoin.

 

Cardano

Valor de mercado: US$ 20,21 bilhões.

Desempenho dos últimos tempos: +3.493%.

Em outubro de 2017 acadêmicos e engenheiros desenvolvem uma nova moeda virtual, Cardano.

Ela atualmente é pouco conhecida, devido ter sido criada recentemente.

Mas, mesmo assim já realizou diversas transações privadas.

Essa é mais uma moeda que possui como ambição crescer e ser a maior moeda virtual do mundo.

Essas foram algumas moedas virtuais que podem crescer e substituir nossa grande moeda virtual da atualidade, o Bitcoin.

Acompanhe o desempenho dessas moedas, e quem sabe comece á investir nelas.

Criptomoedas que podem ser o novo Bitcoin
5 (100%) 1 vote

Adic. comentário

Redes Sociais

Curta nossa página.