Amo Dinheiro - Notícias sobre Bitcoin, Criptoativos e Blockchain

Como ter um estilo de vida minimalista

Muitas pessoas acham que para viver com qualidade e felicidade é necessária muita quantidade. Porém, na maioria dos casos, não é bem assim. Com isso, o minimalismo surge com um grande ideal do menos é mais, provando que viver com pouco é muitas vezes importante e necessário para alcançar o tão sonhado bem estar.

O estilo de vida minimalista vem caindo a cada dia mais no gosto popular, com muitas pessoas o adotando e se apaixonando. Viver com menos pode parecer algo bem complexo e pouco aceitável, principalmente para os consumistas, mas iremos te provar o contrario.

Diante disso, hoje, nesse artigo, iremos abordar as principais informações e benefícios em torno do minimalismo, podendo aplicar ele na sua vida, casa, dia a dia e em outras diversas formas interessantes.

O que é o estilo de vida minimalista?

O minimalismo se desenvolve dentro de vários conceitos, explicações e bases, porém, de forma simples e direta, esse estilo de vida está ligado em diminuir tudo que é desnecessário, abrindo espaço para fazer coisas, realmente, importantes e necessárias para se viver.

A vida minimalista tem como objetivo o aumento no foco, ganho de dinheiro, diminuindo os gastos, e espaço para ter mais tempo para si mesmo.

Esse modo de ver a vida está ficando muito popular, principalmente pela sensação de liberdade que viver com menos apresenta.

Muitas vezes, o consumismo não é algo tão prazeroso, principalmente quando se torna quase um vício, quando as pessoas precisando se doar para ele.

 

Saiba viver com menos, e viver com mais

Menos e mais são antônimos, muitas vezes utilizados para expressar sensações diferentes. Porém, para a pessoa minimalista é possível adotar um estilo de vida, onde ambas as expressões se completam para uma verdadeira felicidade.

O menos tem que estar ligado com o consumismo e stress, saber viver evitando eles. Fugir das dívidas e decepções, elas não são necessárias para sua vida e só irão trazer grandes problemas. Aceite e saiba qual o modo de viver é possível para você, abandonando, doando ou vendendo aquilo que não é necessário. Não é a toa que o minimalismo é visto como uma grande liberdade.

Já o mais, deve estar do lado de coisas positivas, como a felicidade, fazer coisas que você gosta, economiza de lucro e bem estar. Adote um estilo de vida que te agrade e coloque para cima. Não é necessário ter os melhores carros e celulares do momento, sendo que você só utiliza um, centenas de roupa, para uma pessoa que só veste algumas, ou coleções de coisas que não apresenta nenhum sentimento.

 

Quantidade não é qualidade

Como explicado durante o artigo, o minimalismo está ligado, diretamente, ao excesso das coisas. O minimalista consome, gasta seu dinheiro, porém, somente, como o que é importante e irá apresentar uma qualidade para ele.

As vezes, é muito mais compensador gastar um valor em um só objeto de muita qualidade, do que esse mesmo dinheiro em 5 ou 6 objetos, porém de qualidade menor. A quantidade não é, diretamente, um sinônimo de coisas boas, e sim do consumismo excessivo. É o famoso caso do barato que saiu caro demais.

Viver com menos poderá trazer não só a felicidade, mas, também, mudar o pensamento ao seu estilo de vida, começando a pensar mais na qualidade das coisas que estão ao seu redor.

 

Jogue fora ou venda tudo aquilo que está em excesso

Pegue um papel e faça uma lista de todos os objetos e materiais que você não utiliza ou está em excesso dentro da sua casa e vida. Vá desde móveis até roupas e pequenas coleções. Ao fim, coloque tudo a venda, faça uma doação ou, quando se está muito velho e estragado, jogue fora.

Essa sensação de liberdade irá trazer novos ares para seu estilo de vida, quase como uma felicidade instantânea.

Como ter um estilo de vida minimalista
Avalie este post

Adic. comentário

Redes Sociais

Curta nossa página.